terça-feira, 3 de novembro de 2009



highway

Estamos na estrada, a paisagem passa bonita, finalmente verde depois da últimas chuvas no final de semana. Então Alx Rose não estava mentindo quando falava das chuvas de novembro, bastante nostáugicas. A cidade vai ficando para trás, quente como um mormaço, ora o céu fica nublado e cai uma chuva rápida, fininha, mas a maré de calor não dá trégua. - Variações climáticas né?, -pergunta o Marvin sempre que estamos na varanda. Ainda gosto de perder tempo na varanda enquanto a chuva cai e molha nossas vidas.
Estou lendo "clube do filme" de David gilmour. Na poltrona ao meu lado Marv lê também, "Meu nome é Will". Às vezes a gente parece mesmo dois nerds, se interrompendo de tempo em tempo com nossas perguntas eloquentes. Ele me mostra núvens em forma de paraquedistas despreocupados, ainda quero pular de para-quedas, mesmo sabendo que não me tornarei despreocupada. Não com as coisas assim, precisando de conserto.
...
Marv dorme do meu lado. O sol está quase se pondo, derramando uma tinta alaranjada no céu. Gosto de ir na janela, é interessante ver as coisas passando rapidamente, ficando para trás. - A gente é como esse bioma, eu dizia, ás vezes verde e outras tão cinza. No fone, Chris Cornell gritava "I am not your autumn moon, I'm the night..." Em um determinado momento vejo um cachorro carregar um pássaro ferido para o acostamento. Não sei bem porquê, mas a imagem me fez pensar que ainda podemos consertar a coisas, se quizermos.


Música citada: I Am The Highway (Audioslave)

14 comentários:

Eduard disse...

então já é novembro?
essa época também me deixa nostáugico a beça.
o engraçado é que sempre que isso acontece eu venho aqui, acho que é porque sei que somos meio parecidos.
você tá demorando a escrever ultimamente, nossos horários estão desencontrados, raramente te vejo na facul... você só viaja, viaja...

beijo Bells, bom te ler.

Eduard disse...

Já ia esquecendo de dizer...

Você É uma nerd Bells.

hehe

~*Rebeca e Jota Cê *~ disse...

É o tipo do conserto que se cola com carinho...

Beijo imenso, Josy linda.

Rebeca


-

Letras da Pâmela disse...

Eu realmente quero consertar as coisas, mas não sei se posso.
Beijossss

Germano Xavier disse...

Utopia?
Por que não?

Continuemos, Josy...

~*Rebeca e Jota Cê *~ disse...

Néctar da Flor faz a primeira Blogagem Coletiva onde o tema é: Um conto de amor com cheiro de Néctar da Flor. É com muita felicidade que convidamos todos a conhecer um mundo encantado que há dentro de cada um. Conte um conto, seja personagem da sua história e sinta cada palavra escrita na hora que for contar.


As 10 melhores postagens com o tema levarão um layout personalizado ou uma página de scrapbooking digital. O restante das informações já estão incluídas na imagem acima e a inscrição já está aberta.


Basta colocar nessa postagem o seu nome, o nome do blog que irá concorrer e o email.


Faça parte dessa festa... que festa?


Aquela que se fantasia com emoção...


... VEM?


Obs: Quem for participar tem que levar esse selo abaixo e deixar visível para todos verem.


-

Sanzinha disse...

Uuuuuhhhh! Não é que sumi também?
Liga, não. Eu às vezes preciso me isolar. É comum isso... rs.
Saudade de você, queridona!
E "O Clube do Filme", é bom?
Estou com vontade de ler.
Aqui também tá rolando uma November Rain.

Linda semana pra vc, Josy!

Super beijo!

A Magia da Noite disse...

há sempre forma de reparar o que se deixou danificar.

Gutor disse...

Muito bom.
Mudar as coisas. Quase sempre penso q isso é Utopia, mas o que fazer nessa vida senão sonhar o impossível? "Há sempre a pequena chance do impossível rolar", já dizia Nando Reis!

Peace, Love and Empathy!

Lily Quel disse...

Não sei porque sempre que leio seus textos tenho a impressão de estar começando um livro...vejo várias faces que você assume como personagens de um romance, mas é legal!
Sempre podemos consertar as coisas Josy, o pior é que a maioria das pessoas prefere escolher outros rumos a mudar aqueles em que se está...infelismente temos muitos medos, e são eles que atrapalham na hora de consertar um erro. Ah infeliz covardia humana!

"Peace, love and empathy"

Alleson Sullivan disse...

consertar as coisas, apenas depende da nossa força de vontade para conserta-las.

P.S: vc é nerd.

Felipe Santos disse...

Queria muito pular de paraquedas com aquela tinta alaranjada no céu para me animar e eu poder gritar: POXA as coisas tem conserto, isso tudo é tão bonito, e lá em baixo tudo tão feio. MUDEMOS.


Magnifico Texto.


Kisses And Hugs!

Andarilho disse...

Eu sempre sou otimista, disso você já deve saber.

As coisas têm conserto, basta ter paciência e ser perspicaz, uma solução aparece.

Focando sempre no bom, assim trazendo-o e fazendo-o sempre em tudo.

Bom passar por aqui.

Sanzinha disse...

Não adianta, ninguém some mais do que vc... rs
Saudades, menina.

Beijão bem grandão no coração.