segunda-feira, 14 de junho de 2010



E de repente, lei de Murphy

Duas da manhã, terminando relatório. A luz da cozinha, a voz do Dylan tranquila, pilhas de livros, cafeína, painkiller, bula de remédio. Dar um tempo de si é algo que devia existir além da expressão, encontrar uma bula de si, talvez... Abro a janela e encontro o céu, a vênus brilhando na atmosfera opaca, é contraditório e intenso enxergar assim. Penso no meu cachorro, no futuro inexato, às vezes o mundo parece uma panela de pressão. Vejo a rua embaixo da minha varanda, parece frio, parece normal, ligo a tv, tão imoral. Queria um abraço apertado, queria abrir um buraco na parede com as unhas, ser abduzida por um disco voador de um planeta bem verde e silencioso, andar no vento, caminhar descalça na praia, mas essa ideia de futuro só me atormenta. Olho novamente as estrelas, rabisco, ouço uma música, dessa vez do Jimi, não sei, ele tem o poder de me fazer ver beleza mesmo quando tudo parece amargo, vazio...
PS: Apenas mais um final de período. //

13 comentários:

Felipe Santos disse...

Belo Post. É bom soltar pra fora o que se sente as vezes. :(

Sim, o mundo é uma panela de pressão!



Peace

Eduard disse...

Toda vez que escuto o Dylan agora só lembro de vc, olhando suas estrelas. hushushs. Se quiser te dou um abraço bem apertado pra vc esquecer esse final de período.

=* Bells (L)

Lice disse...

O futuro, o futuro, a gente nem sabe se ele existe menina... Tudo passa!

Lice disse...

O futuro, o futuro, a gente nem sabe se ele existe menina... Tudo passa!

Lice disse...
Este comentário foi removido pelo autor.
Felipe Costa disse...

É... A famosa metade do pão amanteigado que cai com a face errada no chão. Fim de período, as coisas tendem a melhorar. Ótimo post. ^^

ALice disse...

Ih, pelo visto tem alguém precisando de férias aqui. Desculpa, mas eu até ri aqui, você sempre tão otimista e zem, sabia que um dia alguma coisa ia te perturbar, desculpa, não resisti o comentário. rsrsrs

Texto delicioso de ler, cmo sempre um final digníssimo, adorei.

Beijo flor, fica bem.

Lily Quel disse...

O futuro é um piquenique com os amigos, um bom motochico pra chacoalhar o cérebro, música de violão, conversas idiotas, andar em meio à brisa noturna nos nossos cabelos...é Josy, fim de semestre é torturante pra quem só tem marshmallows na cabeça como nós e pensa tanto no futuro que não liga de se ferrar no presente fazendo duas facul!!! Relax darling, julho tá bem perto!!!

Bill Falcão disse...

É, pode ser apenas mais um final de período, mas, por via das dúvidas, fique bem perto aí do Dylan e do Jimi.
Eles ajudam nas horas mais improváveis.
Bjooo!!!

~*Rebeca e Jota Cê*~ disse...

Pensar no futuro também me atormenta, Josy, mas temos que viver sem projetar muito o amanhã.

O hoje é o que importa!

-----------------------


Chegamos de viagem e venho aqui só pra dizer que esse carinho danado de bom é realmente algo que faz falta.

Beijo imenso, menina linda.


Rebeca

-

.•*♥*•.¸¸.• Sanzinha •.¸¸.•*♥*•. disse...

Nunca me atrevo a pensar no futuro.
Não sou boa com expectativas.

Saudade de vc, flor!

Beijo grande!

Vc tem orkut, Josy?

ALice disse...

Vixe, isso aqui tá jogado as traças, cadê minha amiga escritora que me faz despertar do tédio com seus textos otimistas? Cadê? Será que esse fim de período te levou?

Saudações flor, volta logo!

.•*♥*•.¸¸.• Sanzinha •.¸¸.•*♥*•. disse...

Josi, por onde vc anda?
Está tudo bem?
Dê notícias!

Já que a carta não chega, manda e-mail.. rs.

Espero que esteja bem.

Saudade.